Ser portugues é :

Levar o arroz de frango para a praia.

– Guardar aquelas cuecas velhas para polir o carro.

– Criticar o governo local mas jamais se queixar oficialmente.

– Ladie’snight à quinta.

– Ter tido a última grande vitória militar em “1385”.

– Enfeitar as estantes da sala com as prendas do casamento.

– Guiar como um maníaco e ninguém se importar com isso.

– Viajar pó quinto do car*** e encontrar outro Tuga no restaurante.

– Ter folclore estudantil anual por causa das propinas.

– Ninguém saber nada do nosso país excepto os Brasileiros e os Espanhóis que gozam dele.

– Levar a vida mais relaxada da Europa, mesmo sendo os últimos de todas as listas.

– Ter sempre marisco, tremoços e álcool anualmente a preços de saldo.

– Receber visitas e ir logo mostrar a casa toda.

– Dar os máximos durante 10 km para avisar os outros condutores da polícia adiante.

– Ter o resto do mundo a pensar que Portugal é uma província espanhola.

– Exigir que lhe chamem “Doutor” mesmo sendo um Zé Ninguém.

– Exigir que o tratem por Sr. Engenheiro mas não tratar ninguém com outras profissões por Sr. Pintor, Sr. Economista, Sr.Contabilista,Sra.Secretária, Sr. Canalizador, Sra.Cabeleireira.

– Passar o domingo no shopping.

– Tirar a cera dos ouvidos com a chave do carro ou a tampa da esferográfica.

– Axaxinar o Portuguex ao eskrever.

– Gastar 10 mil contos no Mercedes C220 cdi, mas não comprar o kit mãos-livres porque “é caro”. Ir à aldeia todos os fins-de-semana visitar os pais ou avós.

– Gravar os “donos da bola”.

– Ter diariamente pelo menos 8 telenovelas brasileiras e 2 imitações rascas da TVI na televisão. – Já ter “ido à bruxa”.

– Ter Filhos baptizados e de catecismo na mão mas nunca pôr os pés na igreja.

– Ir de carro para todo o lado, aconteça o que acontecer, e pelo menos a 500 metros de casa.

– Lavar o carro na fonte ao domingo.

– Não ser racista mas abrir uma excepção com os ciganos.

– Levar com as piadas dos brasileiros, mas só saber fazer piadas dos alentejanos e dos pretos.

– Ainda ter uma mãe ou avó que se veste de luto. Ser mal atendido num serviço, ficar f****** pa’ vida mas não reclamar por escrito “porque não se quer aborrecer”.

– Viver em casa dos pais até aos 30 anos.

– Na terceira idade, pendurar o guarda-chuva nas costas.

– Acender o cigarro a qualquer hora e em qualquer lugar sem quaisquer preocupações.

– Ter pelo menos 2 camisas traficadas da Lacoste e 1 da Tommy (de cor amarelo canário e azul cueca).

– No restaurante largar o puto de 4 anos aos berros e a correr como um louco a incomodar os restantes tugas.

– Ter bigode e ser baixinho(a).

– Conduzir sempre pela faixa da esquerda da auto-estrada (a da direita é para os camiões).

– Ter o colete reflector no banco do passageiro Pendurar o cd no retrovisor para “enganar o radar”.

– Ter três telemóveis.

– Jurar não comprar azeite Espanhol nem morto, apesar da maioria do azeite vendido em Portugal ser Espanhol.

– Organizar jogos de futebol solteiros e casados.

– Ir à bola, comprar “prá geral” e saltar “prá central”.

– Gastar uma fortuna no telemovel mas pensar duas vezes antes de ir ao dentista.

– Cometer 3 infracções ao código da estrada por quilómetro percorrido.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: